Como economizar no casamento

Falar em casamento é falar em tempo, dedicação e dinheiro. Geralmente fazemos planos e tabelas de orçamentos para que tudo saia perfeito, mas caso haja algum imprevisto, é sempre bom saber onde podemos reduzir os custos e aproveitar a festa sem grandes preocupações.

Experimente confeccionar os próprios convites ao invés de recorrer a uma empresa especializada. Algumas gráficas de bairro possuem modelos prontos a preços bem acessíveis, por exemplo. Outra opção é você mesma fazer  a arte no computador e mandar imprimir em um papel de gramatura especial. Depois disso, um laço de fita basta.

dinheiro casamentoAs lembrancinhas podem ser facilmente substituídas pelos docinhos ou bem casados e não há necessidade dos convidados levarem tanta coisa pra casa.

Música é fundamental, mas precisa mesmo de coral e orquestra? Caso faça questão de música ao vivo, opte por um quarteto de cordas, que fica suave, elegante e o preço cai bastante.

Você não precisa encher a mesa do bolo com docinhos sofisticados: abuse das flores da estação, pois elas terão o mesmo efeito visual. Se as flores estiverem acima do orçamento, uma boa opção são as folhagens que preenchem bem o ambiente, sem falar nos famosos “mosquitinhos” (gipsofila) que encantam e são baratinhos. Lembre-se que, se não pode excluir um item de sua lista, sempre poderá substituí-lo!

***

Este post é de autoria da querida Elisama Azevedo, designer, musicista e autora convidada da Revista Casare.me. Apaixonada pelo mundo das artes e das festas, começou a escrever no início da preparação do seu próprio casamento e hoje ajuda várias noivinhas a realizarem o grande sonho através de seu blog pessoal “Casar é…“.